Acorde cedo, trabalhe duro e tudo ficará bem. Ou não

Mais um texto tocante da Milly, da qual sou fã cada vez mais.

Blog da Milly

Enquanto a gente continua a debater as manifestações pelas ruas do Brasil, o destrambelhado governo Dilma, se Lula vai ser citado na lava-jato ou se o desmoralizado Cunha cai o mundo vai pelejando para sobreviver aos efeitos da crise que se alastra e, entregues à discussão pequena, deixamos de falar sobre o que me parece mais grave.

Seria interessante se pudéssemos relacionar as crescentes crises humanitárias com o sistema econômico que nos embala, que é esse com o qual Dilma fez um pacto ainda mais profundo ao adotar medidas de austeridade, essas que cortam benefícios sociais e privilegiam o poder concentrado do capital privado.

Se pegarmos apenas um problema mundial, como o número de refugiados que vêm do centro e do norte da Africa e que morreram afogados tentando chegar a Europa, talvez já possamos enxergar o que o capitalismo tem a ver com a tragédia.

Segundo o New York Times, 1800…

Ver o post original 934 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s